Back to search
Publication

Hanseníase: estudo epidemiológico no município de Juazeiro-BA (2018-2020)

Abstract
Esse estudo teve como objetivo descrever indicadores epidemiológicos e aspectos clínicos dos novos casos de hanseníase no município de Juazeiro-BA. Trata-se de um estudo ecológico, abrangendo o período de 2018 a 2020. Foram notificados em Juazeiro, 374 novos casos. Nota-se uma redução do número de casos ao longo dos anos. Em relação às características coletadas, houve maior frequência entre homens, em níveis de escolaridade mais baixa e entre jovens e adultos. A faixa etária mais acometida foi a de 40 a 59 anos, a zona mais presente foi a urbana, a forma clínica mais identificada foi a dimorfa e o grau de incapacidade física 0 foi o mais predominante. Os dados apresentados neste estudo revelam que os casos novos de hanseníase ocorridos em Juazeiro-BA entre 2018 a 2020 possuem características similares às observadas nacionalmente. Sob o olhar das variáveis analisadas, observa-se uma redução no número de notificações, um enfoque nos indivíduos analfabetos ou com ensino fundamental incompleto, uma predominância na área urbana; e na forma clínica dimorfa pela maior instabilidade. A faixa etária mais vista é a adulta e no que concerne à detecção, é notada uma hiperendemia. O empenho das políticas públicas e inclusivas devem visar a divulgação e elucidação dos casos, na tentativa de solucionar as iniquidades em saúde, tendo em vista a complexidade em curso, o da hiperendemia.

More information

Type
Journal Article
Author
Xavier de Aguiar C
Welison Pereira Barbosa J
Clementino de Oliveira R
Carvalho Silva S
Rita Moreno de Oliveira Fernandes T
Souza D
Year of Publication
2021
Journal
Revista de Ensino, Ciência e Inovação em Saúde
Volume
2
Issue
1
Number of Pages
18-26
Language
por
ISSN Number
2675-9683
DOI
10.51909/recis.v2i1.93
Publication Language
por